CABELO LILÁS EM CASA – TUDO SOBRE MEU CABELO | Karina Belarmino
Menu

CABELO LILÁS EM CASA – TUDO SOBRE MEU CABELO

Falando sobre: Cabelo
22 fev 2017

Quem me acompanha nas redes sociais já viu que eu mudei bastante meu cabelo recentemente. Vivi 27 anos da minha vida com o cabelo castanho ‘virgem’, sem nem umas luzes de leve. Mas a mudança veio brusca: um ombré lilás! Logo depois fiquei loira, morena, morena-loira… Mas essas outras cores ficam pra outro post.

Eu sempre tive vontade de fazer uma revolução no meu cabelo, mas me faltava coragem. Ensaiei muitas vezes clarear um pouco ou umas mechinhas, talvez um ombré só alguns tons mais claro que meu cabelo natural, enfim, foram só pensamentos soltos que nunca se tornavam realidade.

Desde o verão passado comecei a sonhar com um cabelinho em cores, digamos, não muito naturais. Fiz pastinhas no Pinterest, segui vários perfis no instagram com gente de cabelo divertido e minha vontade de mudar só foi aumentando e estava quase me engolindo.

Em São José dos Campos, encontrei uma inspiração nesse quesito. A Chell é blogueira e também dona da Alpaka, uma de uma lojinha super fofa de roupas nerds, além de ter o cabelo super mutante – desde que a conheci perdi as contas de quantas cores ela já passou.

Então contei pra ela que queria mudar e ela topou me ajudar! Descolorimos metade do meu cabelo e tonalizamos com um roxinho.
Não tenho nem palavras pra dizer o quanto eu fiquei feliz. Assustei um pouco na hora que me olhei no espelho, mas logo o susto virou uma alegria imensa. Obrigada, Chell! <3

Dito isso, vamos aos passos do cabelo de sereia:

Dá pra ter cabelo lilás sem descolorir?

Não, sem descolorir a tinta ou tonalizante não vai pegar. Não adianta tentar, você só vai gastar dinheiro e seu cabelo não vai ver nem cheiro da cor.

O processo no meu cabelo foi bem tranquilo, mas se você nunca mexeu com descoloração, sugiro procurar um profissional. Descolorir o cabelo não é uma coisa tão simples assim, você pode sofrer um ‘corte químico’, que é quando o cabelo simplesmente quebra e cai. Por isso só faça se tiver certeza da experiência de quem vai realizar o procedimento.

Já descolori, agora que tinta comprar para chegar nesse tom?

Eu não usei tinta, usei Violeta Genciana. A VG é um antiséptico de cor violeta (claro!), vende na farmácia e custa menos de R$5,00.
Se você está se perguntando se é seguro usar isso no cabelo, não se preocupe, a única coisa que seu cabelo vai segurar deste produto é o pigmento violeta, nada mais.

foto: cabelosemteste.com

Mas pintar dessas cores não estraga o cabelo?

Estraga tanto quanto qualquer outra química no seu cabelo. O que vai dar uma fragilizada mesmo é a descoloração, mas isso luzes fazem da mesma forma e ninguém fica com medo, né? Mas sim, descolorir vai agredir um pouco, só que cuidando bem o cabelo sobrevive.
Eu comecei a fazer o Cronograma Capilar, logo depois de descolorir e meu cabelo melhorou demais, ouso dizer que ficou melhor que antes da química.
O Cronograma Capilar consiste em fazer hidratações, nutrições e reconstruções intercaladas semanalmente, dessa forma o cabelo recebe tudo que precisa, ficando saudável e bonito.

Como aplicar a Violeta Genciana?

Se sua intenção é um violeta super intenso e escuro, a VG pura fará isso. Mas aviso que vai ficar praticamente preto, só os reflexos arroxeados vão aparecer.
No meu caso, misturei em máscara de cabelos (e te aconselho a fazer o mesmo). A máscara pode ser qualquer uma que você já tenha, com tanto que ela seja totalmente branca, porque assim você tem certeza do tom da mistura. Eu usei a máscara #Tô de Cacho da Salon Line, que mostrei aqui.
O processo é bem simples, coloque máscara o suficiente pro cabelo todo num pote de plástico e pingue a VG nele. Mas VAI COM CALMA! A violeta é hiper pigmentante e se colocar demais vai ficar super escura e não vai ter creme branco nessa vida que faça ela clarear.
Meu conselho é ir pingando uma gotinha por vez, mistura no creme e confere se o tom ficou bom. Sempre deixe a mistura um pouquinho (pouquinho mesmo) mais escura do que o tom que você quer.

Mistura feita, lave o cabelo apenas com shampoo, seque com secador e vá aplicando o creme mecha por mecha, com ajuda de um pincel. Deixe no cabelo por pelo menos UMA HORA. Se deixar mais não tem problema, mas se deixar menos a cor pode ficar clara ou manchada. Não esqueça de usar luvas e uma camiseta velha, pra não manchar tudo de roxo. Depois do tempo, é só enxaguar com água e pronto!

Foto: cabelosemteste.com

Quanto tempo a VG dura no cabelo?

Pouco, infelizmente. Com algumas lavagens você já vai perceber que o lilás está desbotando e ficando cada vez mais clarinho.
É um pouco trabalhoso manter uma única cor, mas você vai aprender a gostar dessa mudança, as nuances diferentes vão aparecendo e seu cabelo vai ficando muito interessante! Sério mesmo, você vai se apaixonar e querer que fique desbotado haha

Desbotando <3

Ai meu Deus, derrubei a VG! Tá tudo roxo, SOCORRO!

Não se desespere! A VG tem alto poder pigmentante, mas assim como no cabelo, ela desbota fácil. Se você manchou as mãos, rosto ou outra parte da pele, lavando no banho com água morna e sabão já vai sair. Se o problema foi o chão ou a pia do banheiro, um algodão com removedor de esmaltes vai dar conta rapidinho!

Enjoei do roxo, quero outras cores. Como faço?

Existem muitas marcas de tonalizantes no mercado. Eu ainda não testei nenhuma, pois troquei de cor rápido, mas encontrei algumas alternativas com diversos preços.
Estou querendo encomendar algumas marcas pra testar e mostrar pra vocês, mas por enquanto essas abaixo são algumas opções nacionais que encontramos fácil na internet:

Foto: Divulgação

E aí, animou pra tirar o cabelo da mesmice? Vamos virar sereia?

Beijo!

  1. Chell disse:

    Que feliiiizzz!!! Que bom que você gostou e que pude ajudar você a se jogar nas cores 🙂 Adorei o post, explicou direitinho 🙂