Menu

COMO FAZER SAIA DE PREGAS FÁCIL

Falando sobre: Costura, Looks, Vídeos
20 mar 2017

Esse tema já me foi pedido muuuitas vezes e eu acabava ponderando em fazer, porque não tenho nenhuma técnica acadêmica pra fazer minhas sainhas de pregas. Mas pensei melhor e percebi que se me ajudou, mesmo sendo meio ‘quebra galho‘, pode ajudar outra pessoa também.

Eu descobri esse jeito de fazer a saia de pregas, levando em consideração que as dobras fazer como se fosse uma sanfona com o tecido, fazendo ele dar 3 voltas na cintura. Explico, as pregas que fiz foram dobradas no máximo, e por isso o tecido usado foi 3x a medida da minha cintura.

Eu fiz um vídeo explicando como calcular a quantidade de tecido e como dobrar o tecido pra fazer as preguinhas, ele está mais adiante nesse post.

Como prometi nele, a conta que usei para calcular a quantidade de tecidos foi:

Multiplique a medida da sua cintura por 3. Se a medida for menor que 1,50m você precisa comprar só o comprimento da saia que você quer somado com 30cm para cós e margens de costura.
Se a medida da sua cintura multiplicada por 3 for maior que 1,50m você precisa de 2 vezes o comprimento escolhido, mais 30cm.

Ex: Minha cintura tem 70cm e eu quero uma saia de 50cm de comprimento.
70×3=2,10m | 2,10m é maior que 1,50m, então preciso do dobro do comprimento desejado, que é 2x50cm=1m
Adiciono 30cm de margem, tenho 1,30m.

Os materiais necessários para fazer a saia são: o tecido desejado, um zíper de 20cm, colchetes ou botões e o kit básico de costura.

Na saia vermelha eu usei e na saia estampadinha de flores, usei tricoline. Indico tecidos mais encorpados para que as pregas fiquem mais volumosas.
Também tive experiência com tecido liso e estampado, na minha opinião o tecido liso fica melhor, pois as pregas aparecem mais. Mas o tecido estampado também ficou bonito, só não tão contrastante.

Nas fotos dá pra ver uma leve diferença nas pregas das saias, isso é porque a saia estampada tem pregas de 10cm e a vermelho, pregas de 5cm.

Amei as duas saias e inclusive usei a mesma técnica de pregas pra fazer o vestido que usei para ser madrinha de casamento no ano passado. Muita gente perguntou como fazer o vestido, então na saia usei esse procedimento de pregas e no corpete usei a cópia de top, que ensinei nesse vídeo aqui!
Decidi não fazer um vídeo com ele, pois seria extremamente repetitivo.

Espero que esse tutorial te ajude e que você possa sair por aí toda feliz com sua sainha nova 🙂

Beijo

LOOK DA KA: SLIP DRESS – DIY

Falando sobre: Costura, Looks, Moda
13 mar 2017

Quase que essa tendência de vestido camisola com camiseta por baixo não me pega… Mas pegou!

Me vi com um corte de cetim preto e outro branco e um pouco de renda, na hora o tal do Slip Dress entrou na minha cabeça e não quis sair mais.

Eu usei do jeito mais simples e que todo mundo usou igual: com camiseta branca e botinha 🙂

Gostei de fazer e gostei de usar, até porque se enjoar de usar o vestido na rua, ele pode ser promovido a camisola mesmo e ser usado pra dormir rs

A botinha que usei é da H&M, os óculos da Ui Gafas e a choker ganhei de uma amiga.
No fim do post tem a lista de materiais e o passo a passo em vídeo. Espero que gostem <3

 

Materiais usados:
-70cm de cetim
-3m de viés de cetim
-2m de renda (se for só pro decote, 1m dá!)
-Materiais básicos de costura (tesoura, giz, alfinetes, máquina de costura)

LOOK DA KA: BLUSA DE RENDA – DIY

Falando sobre: Costura, Looks, Moda, Tendência
07 mar 2017

Oi amigas,

Essa semana trouxe mais uma peça pro nosso armário de verão, que já está quase chegando ao fim. Sim, em algumas semanas vamos começar o armário de inverno, com peças mais quentinhas, mas por enquanto aproveitem os últimos suspiros das roupas fresquinhas!

Essa blusa de renda é maravilhosa, dá aquele ar de coisa phyna e rycah. O que você nem imagina é que ela é a coisa mais simples do mundo. Juro! Você vai gastar no máximo 15 minutinhos criando uma pra você, dá até pra fazer nos últimos momentos antes da festa haha

Sem contar que tá uma super onda de blusas e camisetas de tule e organza e, apesar dessa ser um pouco mais refinada, não deixa de ter um vínculo 🙂

No final do post tem o vídeo com o passo a passo dela e a lista de materiais. Espero que aproveite!

Dá uma olhada nas fotos, como essa peça agrega valor no look:

 

 

Pra fazer essa blusa, usei:
-60cm de renda bordada (mas você pode usar qualquer renda mais grossa com desenhos aparentes)
-Uma blusinha pra usar de molde
-Tesoura
-Máquina de costura (mas dá pra costurar à mão, mostrei no vídeo também!)

Beijo!

LOOK DA KAH: T-SHIRT DRESS – CAMISETÃO VESTIDO DIY

Falando sobre: Costura, Cotidiano, Looks, Moda, Tendência
27 fev 2017

Oi manas!
Ando sumindo e voltando aqui do blog, peço desculpas pela falha! Quero voltar a alimentar o blog toda semana, então aguardem novidades por aqui 🙂

Trouxe hoje um look com T-Shirt Dress, aquele camisetão pra usar como vestido que tá super em alta. Eu não sou muito de sair com roupas mais casuais e esportivas, mas confesso que ando apaixonada por camisetões, inclusive André já perdeu algumas camiseta haha

Nesse look usei tênis branco com biqueira metalizada em rose gold, uma penca de tendências misturadas num sapato só!

Usei uma jaquetinha amarrada na cintura, já que a camiseta é bem simples e básica. Isso ainda ajuda caso esfriar um pouquinho, o agasalho já está ali (pareço até minha mãe falando haha).

Se gostou do look no fim do post tem vídeo com o passo a passo pra fazer essa camiseta. É bem simples, confere lá!


Assista aqui embaixo ao vídeo do passo a passo dessa camiseta e depois me conta o que achou!

https://youtu.be/vdHRMcpX9Sc

 

CABELO LILÁS EM CASA – TUDO SOBRE MEU CABELO

Falando sobre: Cabelo
22 fev 2017

Quem me acompanha nas redes sociais já viu que eu mudei bastante meu cabelo recentemente. Vivi 27 anos da minha vida com o cabelo castanho ‘virgem’, sem nem umas luzes de leve. Mas a mudança veio brusca: um ombré lilás! Logo depois fiquei loira, morena, morena-loira… Mas essas outras cores ficam pra outro post.

Eu sempre tive vontade de fazer uma revolução no meu cabelo, mas me faltava coragem. Ensaiei muitas vezes clarear um pouco ou umas mechinhas, talvez um ombré só alguns tons mais claro que meu cabelo natural, enfim, foram só pensamentos soltos que nunca se tornavam realidade.

Desde o verão passado comecei a sonhar com um cabelinho em cores, digamos, não muito naturais. Fiz pastinhas no Pinterest, segui vários perfis no instagram com gente de cabelo divertido e minha vontade de mudar só foi aumentando e estava quase me engolindo.

Em São José dos Campos, encontrei uma inspiração nesse quesito. A Chell é blogueira e também dona da Alpaka, uma de uma lojinha super fofa de roupas nerds, além de ter o cabelo super mutante – desde que a conheci perdi as contas de quantas cores ela já passou.

Então contei pra ela que queria mudar e ela topou me ajudar! Descolorimos metade do meu cabelo e tonalizamos com um roxinho.
Não tenho nem palavras pra dizer o quanto eu fiquei feliz. Assustei um pouco na hora que me olhei no espelho, mas logo o susto virou uma alegria imensa. Obrigada, Chell! <3

Dito isso, vamos aos passos do cabelo de sereia:

Dá pra ter cabelo lilás sem descolorir?

Não, sem descolorir a tinta ou tonalizante não vai pegar. Não adianta tentar, você só vai gastar dinheiro e seu cabelo não vai ver nem cheiro da cor.

O processo no meu cabelo foi bem tranquilo, mas se você nunca mexeu com descoloração, sugiro procurar um profissional. Descolorir o cabelo não é uma coisa tão simples assim, você pode sofrer um ‘corte químico’, que é quando o cabelo simplesmente quebra e cai. Por isso só faça se tiver certeza da experiência de quem vai realizar o procedimento.

Já descolori, agora que tinta comprar para chegar nesse tom?

Eu não usei tinta, usei Violeta Genciana. A VG é um antiséptico de cor violeta (claro!), vende na farmácia e custa menos de R$5,00.
Se você está se perguntando se é seguro usar isso no cabelo, não se preocupe, a única coisa que seu cabelo vai segurar deste produto é o pigmento violeta, nada mais.

foto: cabelosemteste.com

Mas pintar dessas cores não estraga o cabelo?

Estraga tanto quanto qualquer outra química no seu cabelo. O que vai dar uma fragilizada mesmo é a descoloração, mas isso luzes fazem da mesma forma e ninguém fica com medo, né? Mas sim, descolorir vai agredir um pouco, só que cuidando bem o cabelo sobrevive.
Eu comecei a fazer o Cronograma Capilar, logo depois de descolorir e meu cabelo melhorou demais, ouso dizer que ficou melhor que antes da química.
O Cronograma Capilar consiste em fazer hidratações, nutrições e reconstruções intercaladas semanalmente, dessa forma o cabelo recebe tudo que precisa, ficando saudável e bonito.

Como aplicar a Violeta Genciana?

Se sua intenção é um violeta super intenso e escuro, a VG pura fará isso. Mas aviso que vai ficar praticamente preto, só os reflexos arroxeados vão aparecer.
No meu caso, misturei em máscara de cabelos (e te aconselho a fazer o mesmo). A máscara pode ser qualquer uma que você já tenha, com tanto que ela seja totalmente branca, porque assim você tem certeza do tom da mistura. Eu usei a máscara #Tô de Cacho da Salon Line, que mostrei aqui.
O processo é bem simples, coloque máscara o suficiente pro cabelo todo num pote de plástico e pingue a VG nele. Mas VAI COM CALMA! A violeta é hiper pigmentante e se colocar demais vai ficar super escura e não vai ter creme branco nessa vida que faça ela clarear.
Meu conselho é ir pingando uma gotinha por vez, mistura no creme e confere se o tom ficou bom. Sempre deixe a mistura um pouquinho (pouquinho mesmo) mais escura do que o tom que você quer.

Mistura feita, lave o cabelo apenas com shampoo, seque com secador e vá aplicando o creme mecha por mecha, com ajuda de um pincel. Deixe no cabelo por pelo menos UMA HORA. Se deixar mais não tem problema, mas se deixar menos a cor pode ficar clara ou manchada. Não esqueça de usar luvas e uma camiseta velha, pra não manchar tudo de roxo. Depois do tempo, é só enxaguar com água e pronto!

Foto: cabelosemteste.com

Quanto tempo a VG dura no cabelo?

Pouco, infelizmente. Com algumas lavagens você já vai perceber que o lilás está desbotando e ficando cada vez mais clarinho.
É um pouco trabalhoso manter uma única cor, mas você vai aprender a gostar dessa mudança, as nuances diferentes vão aparecendo e seu cabelo vai ficando muito interessante! Sério mesmo, você vai se apaixonar e querer que fique desbotado haha

Desbotando <3

Ai meu Deus, derrubei a VG! Tá tudo roxo, SOCORRO!

Não se desespere! A VG tem alto poder pigmentante, mas assim como no cabelo, ela desbota fácil. Se você manchou as mãos, rosto ou outra parte da pele, lavando no banho com água morna e sabão já vai sair. Se o problema foi o chão ou a pia do banheiro, um algodão com removedor de esmaltes vai dar conta rapidinho!

Enjoei do roxo, quero outras cores. Como faço?

Existem muitas marcas de tonalizantes no mercado. Eu ainda não testei nenhuma, pois troquei de cor rápido, mas encontrei algumas alternativas com diversos preços.
Estou querendo encomendar algumas marcas pra testar e mostrar pra vocês, mas por enquanto essas abaixo são algumas opções nacionais que encontramos fácil na internet:

Foto: Divulgação

E aí, animou pra tirar o cabelo da mesmice? Vamos virar sereia?

Beijo!